06 julho 2016

[RESENHA] ANNA VESTIDA DE SANGUE - KENDARE BLAKE


Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas — e afastar distrações, como amigos e o futuro.

Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas. 
Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?

Páginas: 252 / Editora: Verus Editora / Autora: Kendare Blacke

Olá pessoal, tudo bem? Hoje eu trouxe uma resenha super diferente das que costumo publicar, pois a Verus me proporcionou uma nova leitura, saí da minha zona de conforto. Anna Vestida de Sangue é um livro sangrento, porém não é tão terror quanto achei que seria. Quando vi a capa, a sinopse e a contra-capa, fiquei me perguntando qual o motivo, razão ou circunstância da GER ter me enviado este livro haha, poderia ter me enviado um romancezinho de leve. Porém, resolvi ler o livro e acabei me surpreendendo, gostando e detestando em algumas partes. Agora só tenho que agradecer a editora por me enviar um livro ultra amor e ódio.

Cas caça e mata gente morta. É super estranho ler isto, eu sei pois, quando eu e alguns colegas leram isto, todos fizeram a mesma pergunta: dá pra matar gente morta? Na literatura, tudo é possível. Ele não é um garoto comum, daqueles que estudam mais ou menos e só querem viver na farra, ele tem uma visão diferente do mundo pois, sabe coisas que outros acreditam não existir, ou talvez, nem passe pela sua cabeça. Ele vive em perseguir, achar e matar, entretanto, ele tem um fantasma favorito pelo qual ele é obcecado desde sempre... Anna vestida de sangue.

Anna foi morta quando estava indo em uma festa, cortaram sua cabeça de orelha a orelha e seu vestido branco ficou vermelho de tanto sangue, e assim passou a ser chamada de Anna Vestida de Sangue. Quando Cas recebe um sinal de que Anna está agindo, ele não pensa duas vezes em encontrar contatos que o levem até ela. Só que ele não se aproximou de qualquer pessoa, ele iniciou um vínculo com Carmel, a mais bela e popular da escola.

Carmel é uma daquelas garotas protagonistas que toda escola tem, a popular, a bonita e a intocável. Porém, ela não era daquelas garotas entediantes, metidas e antipáticas, ela era legal independente do seu título e isso fez com que Cas quisesse realmente ser amigo dela. Cas vai em uma festa com Carmel para tentar tirar informações sobre Anna, e no meio de uma confusão ele realmente conseguiu, mas não do jeito que ele esperava. 
Dois amigos de Carmel levam ele em direção a casa de abandonada de Anna, e eles começam a provocar Cas para que ele tivesse medo daquilo, e em um momento inesperado, é apunhalado pelas costas e vai parar dentro da casa. Por um momento ele não se dá conta do que aconteceu, até ver os dois idiotas batendo no vidro e apontando para a escada... e lá estava ela, a fantasma que ele tanto queria ver, que ele tanto queria matar. A fantasma que mata todos que ousam entrar em sua propriedade, mas que poupou sua vida sem nenhuma explicação.

E a história segue nesse rumo, ele quer descobrir o que fez com que ela não matasse ele e se eu falar mais vou mandar spoilers. Algo interessante do livro são os personagens, pois eu amei todos, mesmo os mais idiotas. Acredito que o melhor do livro foi isso, os personagens, pois eles traziam aquela energia para o livro ao tempo em que a escrita deixava a leitura cansativa. Teve alguns diálogos bem desnecessários no começo do livro e eu já quis deixar de lado, mas fui lendo e percebi que melhorou. O livro é fantástico, com todos seus defeitos e qualidades, sem falar que é o primeiro livro que li do gênero, então não posso opinar muito e nem comparar. 

Espero que vocês tentem ler, mesmo com as críticas positivas ou negativas, isso varia de cada leitor. Beijos!

7 comentários:

  1. A capa é linda, o nome do título é forte e intrigante. Não é uma temática que me agrada, tenho um certo pavor.rsrs Mas achei sua resenha muito boa, ainda mais por você ter saído da sua zona de conforto. Acho que para quem gosta do estilo, é um bom livro que vale a pena ser lido. Parabéns! bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar desse livro, porém, acredito que não faça meu tipo, embora tenha dito que não é tão terror, leio poucos suspenses, então, não chama a minha atenção.

    ResponderExcluir

  3. Já tinha visto algumas pessoas comentando sobre esse livro, mas ainda não tinha lido sobre :)
    eu amei, muito diferente a história :)
    Também quero saber como é possível matar um fantasma, e por qual motivo ela não matou ele :)
    vou ver se consigo ler em breve.
    ótima quinta
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
  4. Não vou mentir que já fiquei com um medinho só em ler o nome do livro. E não nego que esse estilo de livro não é para mim, por que eu sou uma medrosa e detesto tudo que tem sangue hahahah!
    Mas fiquei um pouco intrigada com a história!
    Beijos,
    www.hitsdomomento.com

    ResponderExcluir
  5. Não sou de ler livros nesse estilo mas esse a história me chamou bastante a atenção, que quero dar uma chance. Achei a capa bem bonita.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  6. Não tem nem possibilidade de eu ler esse livro kkk mesmo que tenha achado o enredo muito legal. Eu sou a pessoa mais medrosa do mundo. Minha mente é mt criativa, não ia dormir nunca mais kk
    Mas a resenha ta maravilhosa, fiquei muito curiosa. Bem que tu podia contar tudo dele só pra mim ♡

    ResponderExcluir
  7. Tenho um pouco de medo quando livros abordam esse tema, mas confesso que fiquei curiosa!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir